Cadastre seu e-mail

terça-feira, 1 de abril de 2008

Dia de Loki - 1º de Abril

Tu, irmão de sangue do Alfather
O esquecido e desterrado
Teu nome esta silenciado
Porém vives em nosso coração

Senhor do fogo que ilumina e transmuta
Senhor do eco apagado
Senhor da burla maliciosa
Deus da brincadeira perversa

Senhor de dualidades
Deus dos conhecimentos ocultos
Comedor de corações malvados
Deus das diversas paixões

Te chamam na hora da necessidade
Quando nenhum outro deus acode
Tu sempre estas a observar
Disposto a ajudar-nos

Tu, guardião desta irmandade
Progenitor de mistérios e entropias
As forças da natureza estão na tua semente
Tu que voas baixo nas asas do falcão

Teu sorriso gela os corações
Tua presença ilumina qualquer mentira
Tu vês a verdadeira natureza
Caótica cambiante

Companheiro de viagem do As Donar
Viajante do lindo céu Lopt
Tu, Lodur um dos criadores da humanidade
Quando a tradição é ameaçada tu apareces

Como preservador tu nutres
Tu chamas aos que devem estar
Para cegar aos Deuses
Primeiro o teu caminho devem encontrar

Sobre tuas provas devem passar
Seus espíritos devem aplacar
Com o fogo purificar
E no processo sua fé encontrar

Os visigodos eternos viajantes
Damos um brinde em tua honra
Reconhecemos-te como deus
Nosso amigo e protetor

Dai-nos tua força e sabedoria
Para que o Folk Visigoth renasça
Que a nação da águia floresça
Ao abrigo do fogo criador

Poema do Deus Loki
Autor: Gothi Hoen Falker
Tradução: Druhtinaz Altheis Araswarts

Nenhum comentário: