Cadastre seu e-mail

domingo, 13 de abril de 2008

Os Gênios da Humanidade!

Os Gênios da Humanidade são cinco Epagômeros e que juntos formam o Pentaedro Sagrado. Esses seres especiais tinham o poder de presidir as forças dos 5 elementos (terra, água, fogo, ar e éter) e seus elementais correspondentes e governam 5 dias específicos do ano: Jan/05, Mar/19, Mai/31, Ago/12 e Out/24... Reza a lenda que se você nasceu em um desses dias tem como missão guardar a humanidade e pode escolher um anjo, dentre os 72 existentes, para seu guardião nessa tarefa. Pois é, nascer tendo uma anjo pré-determinado é simples, porém poder escolher o seu é uma tarefa nada fácil...

Mas não é desse tipo de Gênio da Humanidade que quero falar e sim de um muito diferente, que para ser exata morreu no dia 19 de Março 2008... Arthur Charles Clarke!

Clarke não escolheu seu anjo, mas foi escolhido por um! Tão esperta essa criatura celeste, que pediu ajuda aos seus companheiros divinos no dia em que teve que retirar seu protegido do planeta. Confesso, se eu fosse um anjo, também ficaria temerosa em fazê-lo. Mas de qualquer modo era necessário, pois tinham que recuperar aquele que estava distante há 90 anos.

Sempre temos que começar por algum lugar e ele começou bem, durante a Segunda Guerra Mundial era controlador do primeiro Radar por Transmissão de Rádio da Inglaterra. Esses radares foram de vital importância na previsão de ataques inimigos, calculando a distância, velocidade e direção do ataque. Isso não evitou que Londres fosse bombardeada, mas possibilitou aos ingleses alertar a população para se proteger. Deviam ser madrugadas longas, sempre esperando um ataque alemão, e em um momento destes, ele começou a escrever. Sorte nossa! Como um sagitariano normal, ele resolve estudar física e matemática e mostrar ao mundo que ciência é arte. Ciência é Mágica, é uma maneira pura de ver o mundo, e para corroborar isso, na primavera de 1964 Kubrick e Clarke se unem dando os primeiros passos da nossa odisséia.

Clarke se retirou de cena antes que o ano de Júpiter chegasse ao fim, afinal era seu filho e fez com que o mundo olhasse o Gigante de outra forma. Quem assistiu A Odisséia no Espaço, poderia esperar acordar um dia e encontrar no céu o romântico segundo sol, mas a partir hoje, pode também esperar que o asteróide Clarke (4923 da Cintura Principal), seja um dia nossa segunda lua em uma órbita geoestacionária, o Sentinela, esperando para saber se nós e nossos descendentes chegaremos a ter Futuro!

............................................................Livia Ulian

Nenhum comentário: