Cadastre seu e-mail

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Reformas na Sala de Guerra!


Nunca será um relacionamento fácil. Temos que disputar cada assunto, afinal o Deus da Guerra não entrega nada sem uma boa luta. Mas quem ouviu falar de uma sacerdotisa no templo de Ares?! Devo ser a única. Guerra é coisa de homem! Mas se eu fosse uma donzela em perigo, Ele nem teria me notado.

Morar no Salão da Guerra não é diferente do que sempre imaginei. Fui praticamente sequestrada, sem escolha alguma, não que eu não quisesse, pois é evidente que adorei! E para o meu bem, é melhor continuar resistindo, não muito, só o suficiente!

Gostaria de saber quanto tempo Ele vai ficar em Tróia e se realmente ainda está por lá. Que não reclame quando voltar e descobrir que as coisas aqui estão um pouco diferentes. Quer saber, vou colorir um pouco o ambiente, nada de flores, nada que tire a masculinidade. A primeira coisa a fazer é superar a pequena dificuldade de entrar e sair por esta escarpa. Muito fácil para um deus, mas completamente indigno para um mortal

Olhando em volta, o que eu poderia mudar? Uns bordados dourados na barra dos tecidos negros que recobrem as paredes de pedra, é ia ficar bem bonito. E estas poltronas de madeira e couro, desconfortáveis o suficiente para que as visitas durem o tempo necessário, melhor manter assim, talvez só a cor. Uns brocados sumerianos para almofadas e tecidos leves para dividir um pouco o ambiente. Ah, e o tapete, vi alguns perfeitos no país de Ciro. Acho que posso pensar também em algumas peles de animais, podem ser bem úteis durante o período frio. E livros, a vantagem do sacerdócio é aprender a ler, afinal passar dias e dias aqui sozinha sem nada para fazer, posso acabar tomando o lugar das Fúrias.

A cama está bem assim!

Memórias de Todas as Vidas
Dez/10'2008
........................................................Livia Ulian

Nenhum comentário: